Não pare de pedalar

“Navegando vagarosamente muitos dias e tendo chegado com dificuldade defronte de Cnido, não nos sendo permitido prosseguir, por causa do vento contrário, navegamos sob a proteção de Creta, na altura de Salmona” (Atos 27.7).

Os trabalhos com as famílias e, principalmente casais, são espinhosos. Não é qualquer pessoa que tem a chamada para realizá-los, porque é uma área sensível. Todos aqueles que lutam para ver Deus abençoar os casais em todos os contextos da vida precisam se consagrar e andar na presença de Deus. Todo projeto que envolve a família e os casais precisam ser bem conduzidos. Vários são os fatores contrários à realização de atividades envolvendo cônjuges. Muitos casais não aceitam orientação de ninguém, são contrários a toda e qualquer ajuda externa e, muitas vezes, são descrentes quanto a algumas mudanças capazes de proporcionar-lhes bem-estar em seus relacionamentos. Quem trabalha nessa área precisa muito do apoio do grupo de oração da igreja. Quero incentivar os que labutam nesta área, para não desistirem de seus objetivos e ideais. Momentos virão em que encontrarão dificuldades por causa dos fortes ventos contrários, os quais sopram até mesmo dentro dos lares daqueles que se propõem a ajudar os cônjuges a obterem vitórias no relacionamento. É preciso ter convicção e força de vontade para não parar de pedalar. A caminhada é árdua e espinhosa. Unir vidas, melhorar relacionamentos e destruir as fortalezas de Satanás alojadas no seio das famílias, requer um preparo espiritual maior. Todos envolvidos devem pedalar. Só conseguiremos unir os cônjuges e proporcionar-lhes a felicidade se houver união e oração objetivas. Jamais se deve perder o lema de que “Família unida jamais será vencida”. As que se unem em torno de Deus adquirem fortaleza e força para pedalar em busca de dias melhores e mais saudáveis.

Anúncios

Não desanime, mãos à obra!

“Fortalecei as mãos fracas, e firmai os joelhos trementes” (Isaías 35.3).

 A Bíblia diz que “há amigos mais chegados que um irmão”. Isso é uma pura verdade, porém, há dois grandes amigos do homem na face da terra, os quais não são capazes de o abandonarem jamais, mas podem lhe ajudar nos momentos mais difíceis de sua vida. Quantas vezes você está passando pelo “vale”, atravessando grandes dificuldades, não somente na área financeira, mas, também, na sentimental e por que não na espiritual? Quantas vezes lhe faltam o ânimo para agir, buscar auxílio do céu, conversar com alguém que lhe dê a mão, porém, a timidez e a vergonha lhe impedem. Muitas vezes você não sabe o que fazer, e não descobre o caminho, a saída para o sucesso, a vitória, e o pior, não lança mão de seus dois melhores amigos na face da terra. Amigos que jamais lhe abandonará, em nenhum momento, porque, já no ventre de sua mãe eles faziam parte de sua vida. Talvez você me diga: Pastor Orcélio, me fala logo quem são esses meus amigos? Vou te responder: O joelho direito e o joelho esquerdo. Eles juntos, somados com a sua disposição e força de vontade para vencer, serão decisivos para virarem a mesa, e fazer de você um vitorioso em Jesus Cristo. Use os seus joelhos para ganhar as batalhas espirituais.