Como as caudas dos cordeiros

“Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia” (1 Coríntios 10.12).

A vida cristã é marcada de inúmeros desafios. Na luta diária na qual vive o cristão, ele depara-se com as dificuldades no contexto material, físico e também espiritual. Guardar a fé e por ela ir crescendo tem sido um grande desafio de muitos. O caminho traçado pelo cristão deve obedecer ao que está preconizado na Palavra de Deus. Muitos há que não se preocupam com os fatos novos que surgem nessa caminhada, mais ignorando-os os tratam como sendo mera coincidência. Tudo que ocorre na vida do cristão não poderá jamais ser considerado como coisa do acaso, mas, se temos um Espírito Santo que nos orienta e nos guia, então, tudo deve ser tratado como sendo algo que contribua para o bem daqueles que amam a Deus, conforme está escrito na epístola de Paulo aos romanos. O cristão não deve viver olhando para trás, ou mesmo, ora firme com Cristo, ora distante de Jesus, tal como a cauda do carneiro, que está sempre balançando. Devemos ser firme como a palmeira, sempre abundante na obra do Senhor e jamais balançando, fazendo naufrágio na fé. “Aquele que cuida está em pé, olhe não caia”.