Uma alegria sem igual

“Bendize, ó minha alma, ao Senhor! Senhor Deus meu, tu és magnificentíssimo; estás vestido de glória e de majestade. Ele se cobre de luz como de um vestido, estende os céus como uma cortina. Põe nas águas as vigas das suas câmaras; faz das nuvens o seu carro, anda sobre as asas do vento. Faz dos seus anjos espíritos, dos seus ministros um fogo abrasador. Lançou os fundamentos da terra; ela não vacilará em tempo algum. Tu a cobriste com o abismo, como com um vestido; as águas estavam sobre os montes” (Salmos 104:1-6). À tarde e princípio da noite foi muito edificante. Estávamos em uma igreja evangélica em Estocolmo na Suécia. Naquela noite foi me dada a oportunidade para pregar e estava muito emocionado, pois me encontrava na igreja onde eram membros Daniel Berg e Gunnar Vingren quando saíram para os Estados Unidos da América. Preguei uma mensagem cujo tema foi: “onde vocês pararam, nós brasileiros demos continuidade”. Falei em português e o irmão Daniel Barcelar traduziu para o inglês e o irmão Ivar Vingren (filho de Gunnar Vingren)  do inglês para o sueco, foi tudo uma bênção, a igreja recebeu de todo coração a mensagem, houve um mover do Espírito Santo ali e muitos se alegraram em Cristo. Terminado o culto tivemos um encontro muito maravilhoso com duas filhas do pastor e missionário Oton Nelson, Ruthe e Ester Nelson. Depois de alguns diálogos, consultamos se haveria possibilidade de vermos o renomado missionário Oton Nelson. Elas acharam o momento difícil, uma vez que seu pai não poderia se emocionar devido à saúde debilitada, mas iriam consultar o médico e se ele a permitisse seriamos avisados e se marcaria a visita. O sinal foi verde para nós. Reunimos um grupo e fomos a casa onde iríamos ser apresentados ao missionário Oton Nelson. Estávamos ali orando e aguardando o momento em que ele aparecesse na porta. Antes mesmo de ele surgir ali na sala, todos sentiram uma grande alegria, foi algo muito especial, que não sei explicar, mas tomou conta de todos nós ali reunidos. Alguns caíram de joelhos tomados pelo poder do Espírito Santo, inclusive eu. Quando a porta se abrir e ladeado pelas filhas surgiu o pastor Oton Nelson. Ele nos saudou e fez uma oração tão gloriosa que até hoje, em toda minha vida de cristão nunca ouvi oração semelhante. Foi um momento muito especial, uma alegria sem igual.

Esse relato é comovente e edificante. Caso o amigo e irmão deseje ler todo ele na íntegra e saber como foi os detalhes da vitória, é só adquirir o livro Avistei o Farol. Entre em contato comigo pelos telefones (61) 9551-9827 (claro) ou (61) 8195-1942 (TIM) e ainda (61) 3242-4456, email orcelio.orcelio@gmail.com e farei o possível para que o livro chegue as suas mãos, uma vez que você não o encontrará, ainda, nas principais livrarias nacionais.

Anúncios

Quem usa de prudência não semeia contendas

“Seis cousas o Senhor aborrece, e a sétima a sua alma abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos” (Pv 6.16-19).

Sou deveras fascinado pelas lições de vida contidas no livro de Provérbios. Somente Deus poderia dotar a Salomão de tão grande virtude, uma sabedoria que nos faz glorificar o nome que é sobre todos os nomes. As sete coisas que aborrecem o Senhor são dignas de reprovação, também, por parte da Igreja de Cristo, principalmente a sétima (“o que semeia contendas entre irmãos”) a qual entristece muito o Espírito Santo. Deus em sua perfeita santidade é aborrecido toda vez que o ser criado escolhe o caminho contrário à verdade, o qual tem como ocupantes aqueles que se deixam levar pela arrogância, ou seja, pelo orgulho dos olhos, aqueles que não se apercebem dos males causados por uma palavra carregada de inverdades, aqueles cujo prazer é voltado para a criação de projetos que conduzem o homem ao mergulho no tanque da iniquidade, molhando-se no lamaçal do pecado. Nossos pés precisam estar calçados com as sandálias da preparação da pregação do evangelho da paz (Ef 6.15) a fim de não permitir que eles se apressem em correr para o mal. Precisamos dar um basta em toda a palavra que não seja moldada na verdade, que contrarie a palavra de Deus, pois, assim procedendo, jamais iremos contender uns com os outros, mas, através do amor cristão, poderemos viver em constante harmonia, sempre orando uns pelos outros, ajudando e sendo ajudados.

Caso o amigo e irmão deseje ler todo o livro, o volume II da Coleção Nas Asas do Espírito, entre em contato comigo e adquira-o, não só este, mas os demais volumes pelos telefones (61) 9551-9827 (claro) ou (61) 8195-1942 (TIM) e ainda (61) 3242-4456, email orcelio.orcelio@gmail.com e farei o possível para que o livro chegue em suas mãos, uma vez que você não o encontrará, ainda, nas principais livrarias nacionais.

Uma receita que nos torna um vitorioso

“E olhei, e levantei-me, e disse aos nobres, aos magistrados, e ao resto do povo: não temas… Os que edificam o muro, e os que traziam as cargas, e os que carregavam, cada um com uma mão fazia a obra e na outra tinha as armas. Grande e extensa é a obra…; No lugar onde ouvirdes o som da buzina, ali vos ajuntareis conosco; o nosso Deus pelejará por nós. E nem eu, nem meus irmãos, nem meus moços, nem os homens da guarda que me seguiram largávamos as nossas vestes, cada um ia com suas armas à água” (Neemias 4.14, 17, 19, 20 e 23).

Lendo este maravilhoso texto de Neemias, posso com convicção, depois de 14 anos à frente de um rebanho abençoado dizer qual foi a receita que me fez um vitorioso em Cristo até aqui: incentivo, conscientização, responsabilidade e união. Quantas pessoas estão às vezes desanimadas, tristes, sem esperança nenhuma e chegamos a ela e proferimos palavras de incentivo e de autoestima, então a pessoa se renova e desperta de seu sono espiritual e começa novamente a obter êxito na vida e se firma na fé e a partir dali prossegue numa caminhada firme e próspera na presença de Jesus Cristo. Ela na verdade se conscientiza que Deus realmente não a abandonou, que a ama de verdade, que o céu lhe está garantido, que somente Cristo é o Salvador e Senhor de sua vida, que o mundo jazz no maligno e que ela é mais do que vencedora em Cristo. Ela também, aceita os desafios vindouros e agora, com responsabilidades para consigo mesmo, para com o rebanho de Deus e para com a sua família, prossegue para o alvo, animosa e cheia de virtude, porquanto, tudo começou com um incentivo e a reconciliação, que evidencia uma união perfeita e vitoriosa. A receita da vitória que me tem feito um vencedor, está baseada no incentivo, na conscientização, na responsabilidade e na união. Segure essa ai você também!