Permanecei no meu amor, disse Jesus! (coninuação)

“Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor.” (João 15.9).

O amor é a essência da vida cristã. Ele é indispensável porque evidencia a existência da fé. A fé que opera por amor: “Porque, em Jesus Cristo, nem a circuncisão nem a incircuncisão têm virtude alguma, mas, sim, a fé que opera por amor” (Gálatas 5.6. Paulo diz que “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.” (1 Coríntios 13.13). É a obra da fé que aparece livremente no trabalho que fazemos com amor: “Lembrando-nos, sem cessar, da obra da vossa fé, do trabalho da caridade e da paciência, da esperança em nosso Senhor Jesus Cristo, diante de nosso Deus Pai” (1 Tessalonicenses 1.3). O amor é o verdadeiro segredo para que a vida cristã funcione bem. Ele se expressa, não através de palavras nem de língua, mas por obra e em verdade.  São essas obras que resplandecem como luz, diante dos homens: “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” (Mateus 5.16). O amor, caríssimo leitor e irmão em Cristo, é o real segredo da nossa íntima comunhão com o Pai Celestial. Nós o amamos porque ele nos amor primeiro. O amor do Filho Unigênito nos alegra: “Ao qual, não o havendo visto, amais; no qual, não o vendo agora, mas crendo, vos alegrais com gozo inefável e glorioso.” (1 Pedro 1.8). O amor de Cristo além de nos impulsionar para estarmos a sós com o Senhor em oração, também nos direciona a obedecermos a Sua Palavra: “Se me amais, guardai os meus mandamentos.” (João 14.15). O amor é o vínculo que une os crentes salvos em Cristo. “Amados, se Deus assim nos amou, também nòs devemos amar uns aos outros.” (1 João 4.11). Não se afaste de Cristo, permaneça em seu amor, porquanto, o amor é a certeza de que nascemos de novo: “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que dele é nascido.” (1 João 5.1). Assim sendo, permaneça no amo de Cristo.

Anúncios

Um comentário em “Permanecei no meu amor, disse Jesus! (coninuação)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s